GESTÃO INTEGRADA

É comum que o termo “gestão integrada” remeta a um sistema informatizado. Nas organizações esses sistemas são fundamentais para otimização dos recursos e dos processos, contudo, sem que a empresa avalie, defina e estruture seu core business e seus objetivos estratégicos, não há sistema que vai construir isso por você.

Quando a empresa identifica e define seus caminhos estratégicos e estabelece suas prioridades, consegue construir um planejamento dos resultados financeiros por meio de ferramentas como o orçamento empresarial, e não financeiros por meio de indicadores variados de performance do negócio, conseguindo visualizar seu futuro e permitindo acompanhar o seu desempenho de acordo com o que foi planejado.

No contexto da gestão integrada, é possível avaliar se as pessoas certas estão nas funções certas por meio de parâmetros claros e transparentes de avaliação de performance, considerando ainda que é imprescindível cuidar do desenvolvimento humano na organização.

Desta forma conclui-se que, para uma gestão empresarial efetiva, é necessário um planejamento estratégico bem estruturado e principalmente a sua execução por meio de um desdobramento claro que comunica e direciona as decisões e os esforços da equipe como um todo.

E, voltando na questão da tecnologia, ela sem dúvida é fundamental e irá contribuir muito na etapa dos planos e ações táticos e na gestão dos resultados.

A gestão integrada conduz a uma visão sistêmica e um maior nível de organização da empresa, para que as decisões sejam assertivas e que as lideranças e suas equipes possam focar no que é realmente importante e necessário.

Você pode Gostar